Tem que ser hoje!

Hoje, sim, tem que ser hoje, e eu precisava compartilhar minhas idéias com vocês hoje!

Hoje, afinal, completa 60 anos a nossa Carta dos Direitos Humanos. Com certeza, mesmo que você nunca tenha lido a dita por inteiro, conhece alguns trechos. Destaco para este momento o mais bonito, que, por sinal, é o primeiro de todos os artigos:

"Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade"

Na verdade, todos os artigos da Carta são muito bonitos, é uma leitura extasiante, eu diria. Se você nunca leu, taí uma oportunidade. Se já leu, leia de novo. Me atenho a esse único artigo por enquanto. Se você, assim como eu, tem uma certa dificuldade com palavras pouco usuais, eu te digo o que é um espírito de fraternidade: parentesco ou solidariedade de irmãos.

Irmãos.

Não vou muito longe para dizer que nenhum ser humano respeita os direitos humanos: como você tem tratado as pessoas com as quais você trabalha? Como você tem tratado o motorista do ônibus que te leva pro trampo todos os dias? Como você tem tratado o jornaleiro que tem sempre aquela revista ou jornal que você procura? Como você tem tratado seu pai, sua mãe, seus irmãos, seus amigos?

Não preciso ir muito longe não. Não sabemos agir como irmãos, quando o que aprendemos é que o próximo é nosso inimigo. Nosso concorrente na fila de emprego. O próximo é o que vai nos delatar ao chefe na primeira oportunidade, pra ficar com o nosso salário. O próximo é o que vai contar pra todos os outros amigos as cagadas que você fez quando ficou bêbado.

E ainda tem gente que acha que depois de 60 anos, a Carta dos Direitos Humanos tá ultrapassada. Não está não, minha gente. Porque de 60 anos para cá, não há governo neste mundo que tenha conseguido seguir à risca todos os 30 artigos que trata a Declaração.

[tem também o artigo bonito, bonito... porém, ao menos aqui no Brasil, bem falho. Fala sobre ter direito à instrução, ao menos nos seus graus elementares e fundamentais. Que te faz pensar?]

[[mais legal, eu vi essa notícia na Folha hoje, e não consegui deixar de ler de novo todos os artigos. o anúncio MEGA chamativo, pro meu gosto, estava intitulado bem assim: "Muitos ditadores no mundo fizeram o que provavelmente você vai fazer agora: ignorar esse texto.". E aí... você iria ignorar? Você ignora?]]

3 comentários:

eu chamaria de 'carta de boas intenções', aliás, assim como nossa carta magna... enfim, direitos humanos...

11 de dezembro de 2008 01:25  

É triste que a gente precise de um documento que nos diga como ser humanos...

Bjo

11 de dezembro de 2008 10:29  

A carta está super in ainda, foda mesmo é seguir...
Interessante o último parágrafo. Eu ignoraria só pelo fato de não gostar de ceder a esses apelos hahahahha.

Beijundas ^^

11 de dezembro de 2008 10:51  

BlogBlogs.Com.Br